Assine o Revolução Keto: maior projeto de Dieta Cetogênica do Brasil



Telegram exclusivo, tira-dúvidas individuais, debates semanais com os membros do grupo: médicos, psicólogos, terapeutas, nutricionistas e pacientes lado a lado. Maior videoteca e biblioteca sobre nutrição e saúde mental – seminários globais, cursos, aulas e livros internacionais gratuitos. Artigos exclusivos, além de podcasts para você ouvir fazendo o que quiser.

Aqui, pacientes e profissionais de saúde se fundem em busca por novas respostas. Vem junto com a gente encontrar outros caminhos para o equilíbrio.

PARTICIPE:

ATENÇÃO: após sua assinatura SER ATIVADA, você receberá um email automático da plataforma de apoio, o Catarse. Este email terá o link para o Telegram e para a seção exclusiva dos apoiadores aqui no site. A ativação da assinatura pode levar até 3 dias úteis. Cheque seu lixo eletrônico durante este período para não perder este email.

Se você não encontrar o email enviado pelo Catarse, faça seu login no Catarse com email e senha que você escolheu ao fazer sua assinatura. Logo depois, clique no link a seguir para acessar a SEÇÃO NOVIDADES. Lá, você também encontrará todos os links contidos no email de boas-vindas:

E QUEM SOU EU?

Meu nome é Juliana Szabluk. Sou criadora do Revolução Keto, maior projeto sobre Dieta Cetogênica no Brasil. Sou Psicoterapeuta e Consultora Nutricional especializada em Dieta Cetogênica para uso terapêutico pela britânica Matthew’s Friends. Sou revisora técnica da primeira obra em português sobre Dieta Cetogênica no mundo, Keto para Leigos (Alta Books, 2021).

Há anos, atendo centenas de clientes que sofrem de transtornos afetivos e alimentares. Meu trabalho interliga psicologia, nutrição e outras técnicas, sendo que faço parte da equipe de voluntários do Psiquiatra de Harvard, doutor Chris Palmer, o grande nome da Cetogênica para doenças mentais.

COMO ENTRAR PARA O GRUPO?

Através do Catarse. É uma plataforma de apoios, onde você vai fazer tua assinatura no projeto, por cartão de crédito ou boleto mensal, escolhendo o tipo de apoio que desejar.

Quando seu apoio for ativado por eles, você receberá um email com todos os links para que você entre na nossa comunidade (cheque seu lixo eletrônico para não perder!). A partir daqui, você terá contato direto comigo e nenhuma dúvida ficará aberta.

Ao se tornar apoiador, você mantém o Revolução Keto vivo, com todo o conteúdo gratuito que eu produzo para os 300 mil leitores que temos. Ainda, ganha os benefícios que mencionei para que possamos aprofundar o debate. Então, vamos além?

Bem-vindo. Te espero no Telegram do Revolução Keto!

Abraços da Ju Szabluk,
Psicoterapeuta e Consultora Nutricional

Site: www.revolucaoketo.com
Instagram:
Facebook:

source

13 Comments

  1. Bom dia Juliana! Sigo um estilo de vida cetogênico há 1 ano e me ajudou absurdamente em perder bastante peso e venci o tabagismo ( pelo que passei creio que não é apenas o alcolismo como vícios que os corpos cetônicos combatem). Continue o excelente trabalho que realiza com maestria!!

  2. Tira minha dúvida por favor. Posso comer chocolate 70 por cento cacau na dieta cetogênica. Faço esse tipo de alimentação por muito tempo mais tenho essa dúvida

  3. Juliana, pode me ajudar. tenho 105kg e pelos cálculos que fiz preciso bater cerca de 196g de gordura(70%). Meu problema é arrumar alimentos que realmente me ajudem a chegar nesse numero sem estourar a quantidade de proteínas. A única maneira que vejo é o óleo de coco e manteiga, mas teria que consumir muito desses alimentos pra chegar la. Quais outras dicas teria?

  4. Gostei muito da ideia de se criar uma comunidade. Sigo-te desde o início. Quero participar do grupo, mas tenho uma dúvida. Dieta keto combina com Transtorno de Ansiedade Generalizada, com pessoas que tem problemas de insônia? Pergunto isto porque das vezes que tentei jejum, cetogênica e Low Carb, fiquei muito ansioso e com o sono que já não era bom, pior. Isso é só comigo ou você tem ciência disso? Sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X